Ano Novo, antigas rusgas: 1ª sessão do ano tem requerimento rejeitado

(Foto: Karine Paixão/ Nossa Voz)

O começo dos trabalhos legislativos trouxe de volta a velha rivalidade entre as bancadas de situação e oposição. E mais uma vez o embate foi motivado por um requerimento solicitando informações à Prefeitura de Petrolina. No documento n°004/2020 o vereador Paulo Valgueiro solicitava informações e cópia de todos os processos referentes à contratação dos serviços de pavimentação celebrados entre 2016 até a presente data. A bancada de situação rejeitou numa vitória de 14 votos a quatro.

À imprensa, Valgueiro relatou seu pessimismo quanto ao repasse de informações sobre a gestão municipal. “Cada vez mais a caixa-preta do governo se fortifica”, criticou. “Mas 2020, um ano eleitoral, tenho certeza, pode fazer aí no papel que a gente assina e reconhece firma, que a blindagem do governo Novo Tempo vai ser maior. Nenhum requerimento de pedido de informação que a gente apresente aqui (…) será aprovado porque esse é um governo que não tem transparência”.

O líder da situação, Aero Cruz, reforçou que rejeitou o requerimento para não colaborar para a construção de um palanque político montado pela oposição. “Na verdade, o vereador Paulo Valgueiro não pode falar em transparência, se o governo dele não tinha transparência. Vou novamente dizer, a gente não vai aceitar aqui algumas situações em que a oposição vai querer fazer palanque político. Todos esses atos estão no Portal da Transparência, estão no Diário Oficial, como também foi solicitado apreciação do Tribunal de Contas”, justificou.