Compesa: Moradores protestam por descaso no abastecimento de água no Alto do Cocar

(Foto: Adriana Rodrigues/ Nossa Voz)

Com 35 anos de existência o bairro Alto do Cocar, sofre há décadas, com a falta de água. Na manhã desta quinta-feira (13), os moradores se reuniram para protestar contra o descaso da falta de abastecimento de água na comunidade.

Naiane, relata que não consegue lavar roupas por conta da falta de pressão da água. Segundo ela, fica quatro dias sem água, e quando vem, não consegue executar as atividades diárias por conta que a água não tem força. Ela ainda acrescenta que “na maioria das vezes a água só chega de madrugada”.

Dona lamenta, ter que comprar água mineral para beber por não conseguir armazenar. “Estou desempregada não tenho condições de comprar água”.

Seu Antônio conta que dentre os 365 dias do ano, 100 são sem água. Ele apela para que haja uma solução para o problema.

Eu sou moradora aqui do Alto do Cocar há 09 anos e sofro todos anos. “Eu vivo com uma lata de água na cabeça. +.Nós pastoramos água de madrugada, mesmo tendo que acordar cedo, para trabalhar, para levar filhos na escola, para lavar roupa, é uma falta de respeito”, disse a presidente do bairro.

Quando foi anunciado o protesto, a presidente do bairro, Brenda Seforah conta que foi acionada pelo novo gerente da Compesa e ele nos deu uma perspectiva de prestação de serviço em 15 dias vai solucionar o problema. “Não deixaremos de protestar nunca”, garantiu ela.

Obra inacabada na Rua 20, do bairro Pedro Raimundo, causa transtornos à população. Um buraco aberto para a construção asfáltica, com profundidade de 2 metros, amedronta os moradores. Além disso, por contra da obra, tem casas que estão sem receber abastecimento de água.