Dr. Pérsio faz mistério, mas não descarta novo partido e disputa nas eleições 2020

(foto: Milena Pacheco)

Depois de várias informações controversas compartilhadas nas redes sociais e até divulgadas na imprensa, o ex-vereador de Petrolina, Pérsio Antunes participou do Nossa Voz desta terça-feira (3) e voltou a falar da relação dele com o prefeito Miguel Coelho.

Segundo o médico, desde quando passou a integrar o grupo de Fernando Bezerra Coelho, ele nunca deixou de ser aliado deles. “Na verdade quando eu rompi com Julio Lossio, em 2014, que apoiamos o grupo de Fernando Bezerra Coelho, nós nunca saímos do grupo. Eu não ganhei a eleição e fui cuidar dos meus negócios. Por tanto, eu fiquei na retaguarda”, justificou Pérsio Antunes.

O ex-vereador não deu certeza de que vai tentar voltar à Casa Plínio Amorim, mas também não descartou essa possibilidade e garantiu que está à disposição. “O homem que é político sempre está atendo e ouvindo a população. (…) A gente vê aquela vontade do povo cobrando. Não descarto porque a gente sabe que pode ser chamado para uma missão”, declarou.

Ainda segundo Dr. Pérsio, tanto a candidatura quando a troca de partido, já que deixou o Solidariedade e agora depende de Miguel Coelho para escolher a nova sigla. “Vamos ouvir o prefeito e ele vai nos orientar. Não posso aqui afirmar que serei (candidato) 100%. Vamos aguardar o ano que vem pra decidir essa questão”, assegurou.