Em nota HDM/IMIP esclarece morte de recém-nascida

(Foto: reprodução)

Sobre o relato de uma mãe que denunciou o Hospital Dom Malan/IMIP de negligência após a morte da filha recém-nascida, no programa Nossa Voz desta sexta-feira (22), a redação entrou em contato com o hospital que encaminhou nota sobre o caso.

A equipe médica informou que todos os protocolos foram seguidos à risca e a bebê teve uma cardiopatia diagnosticada após o parto.

Confira a nota do HDM/IMIP.

O Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina informa que a recém-nascida da senhora Rosilene Maria da Silva foi diagnosticada com uma cardiopatia após o nascimento e aguardava exames para o diagnóstico.

Também esclarece que as injeções citadas pela mãe correspondem a corticoides. Tratamento indicado para a prematuridade, com a melhor chance de prognóstico positivo.

A equipe médica reforça que todos os cuidados foram tomados e que os protocolos foram seguidos à risca.

O HDM solidariza-se com a família nesse momento de dor e coloca-se à disposição para maiores esclarecimentos.