Alvorlande Cruz diz que Paulo Valgueiro tem que respeitar o MDB ou “pedir pra sair”

(fotos: Arquivo NV e reprodução)

Como já era esperado, a Câmara de Vereadores de Petrolina virou palco de muitas discussões acaloradas. Um dos desentendimento da sessão desta quinta (06) foi entre os parlamentares Paulo Valgueiro e Alvorlande Cruz.

Cansado das críticas de Valgueiro à gestão Miguel Coelho, Alvorlande disse que Paulo Valgueiro é do MDB. Consequentemente, o vereador é da base do governo Miguel Coelho.

Por isso, Alvorlande pediu respeito ao partido ou a saída de Valgueiro. “Se eu sou de um partido. O prefeito é o mesmo partido e eu estou todo o dia ‘batendo’, o mínimo que eu tenho que fazer, ou silencio, ou peço pra sair (…) Respeite o partido. Respeita o MDB ou caia fora”, esbravejou.

O vereador Paulo Valgueiro respondeu. Ele garantiu que vai sim sair do MDB, durante a janela partidária e que se o grupo do prefeito Miguel Coelho quiser que o expulse da sigla antes. “Se eles tiverem coragem, me expulsem antes. (…) Se são donos do MDB, me expulsem antes. Mas em março eu saio”, garantiu.

Depois da troca de farpas, o líder da situação Aero Cruz amenizou e disse que Paulo Valgueiro pode até mudar de ideia e ficar no MDB, se entrar no grupo. “Vai que daqui, nessa caminhada até abrir a janela partidária ele muda de pensamento. Ele vê o crescimento de Petrolina e quer ficar”, comentou.