Fé e devoção marcam a Procissão da Padroeira de Petrolina nesta quinta(15)

O andor da Santa homenageou os 90 anos de construção da Catedral de Petrolina. (foto: Amanda Delvaux/GRFM)

Nesta quinta-feira (15) as ruas da Orla e do Centro de Petrolina receberam milhares de fieis católicos que mostraram sua fé em Nossa Senhora Rainha dos Anjos, padroeira do município. No dia dela, os devotos cantaram e rezaram em todo o percurso da procissão, que é o ponto alto da Festa de Padroeira.

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho e demais autoridades políticas como o senador Fernando Bezerra Coelho, os deputados estaduais Antônio Coelho e Lucas Ramos, além dos ex-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho participaram do cortejo em homenagem à Santa.

Políticos e autoridades acompanharam o cortejo. (foto: Amanda Delvaux/GRFM)

“No dia da Padroeira da cidade mais importante do Sertão, a gente vem trazer a nossa mensagem de fé, de reflexão, nesse momento em que os cidadãos se reúnem”, pontuou o deputado estadual Lucas Ramos.

O parlamentar Antônio Coelho comentou: “É uma alegria imensa poder participar desse momento de manifestação de fé do povo petrolinense e todos os sertanejos”.

Seguindo todo o percurso da procissão, o ex-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho disse: “Eu estou muito feliz em estar aqui hoje. Vim aqui agradecer. Gratidão por tantas bênçãos que Ela tem dado à nossa Petrolina”.

O também ex-prefeito de Petrolina e atual senador da república, Fernando Bezerra Coelho, destacou que a fé em Nossa Senhora é uma tradição familiar. “Essa é uma tradição que herdei do meu pai. Desde pequeno, eu acompanhava meu pai, minha mãe na Procissão de Nossa Senhora. É um dia de lembranças, mas é um dia de renovar a nossa fé na Padroeira de Petrolina que tem cuidado muito bem dela”.

O prefeito do município destacou como a fé católica foi determinante para o desenvolvimento de Petrolina. “A cidade deve muito do seu desenvolvimento à sua fé, à sua memória, com respeito a todas as religiões, mas essa praça da matriz lotada retrata o sentimento de gratidão”, afirmou Miguel Coelho.

Ao final da procissão o bispo da Diocese de Petrolina, Dom Francisco Canindé Palhano celebrou uma missa na Concha Acústica de Petrolina, que fica na praça da Igreja Catedral Sagrado Coração de Jesus.