Artesão do couro de Ouricuri é eleito Patrimônio vivo de Pernambuco

Artesão do couro de Ouricuri é eleito Patrimônio vivo de Pernambuco

José Aprígio Lopes, conhecido por Mestre Aprígio, 78 anos, artesão de Ouricuri, consagrado por confeccionar peças de couro, foi eleito patrimônio vivo do estado de Pernambuco. Além de Aprígio, outras cinco pessoas também foram eleitas no 14o concurso, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe. Com um jeito simples e tranquilo, mestre Aprígio, que já tem 54 anos de profissão, teve Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, como um dos mais ilustres clientes. “Tô muito feliz. Me admiro”, comentou o artesão. Algumas das peças confeccionadas por Aprígio estão expostas no Museu Cais do […]