Campeonato Pernambuco: Salgueiro faz história e vence o Santa Cruz nos pênaltis

A noite desta quarta-feira (05) estará definitivamente marcada na memória do povo Sertanejo. Ela será lembrada como a noite em que um tabu de 106 anos deixou de existir. Pela primeira vez na história do Campeonato Pernambucano de Futebol, uma equipe do interior conquista o título estadual.

O troféu de melhor do estado vai ficar na sede do Salgueiro Atlético Clube, que venceu nos pênaltis a equipe do Santa Cruz em pleno Estádio do Arruda. O título veio depois de dois empates: 1 x 1 no Cornélio de Barros e 0 x 0 na casa do tricolor, no tempo regulamentar, e 4 x 3 nas penalidades.

Entres os membros do grupo que entram pra galeria do carcará do Sertão, destaque para o treinador português, Daniel Neri, que conseguiu dar ao time um padrão de jogo capaz de aguentar a pressão tricolor e controlar o jogo, arriscando quando tinha oportunidade e defendendo bem quando pressionado. Valente quando era preciso, inteligente quando era necessário.

“Um grupo muito trabalhador, de gente simples, honesta, apaixonada pelo clube. Uma cidade de gente grandiosa, apaixonada pelo Carcará, isso faz diferença. Um grupo que quer vencer e fazem todos os sacrifícios, paga o preço da vitória, porque tem um preço. Eles estão dispostos a pagar e o resultado é esse,” comentou o treinador.

Além de fazer história, o Salgueiro terá um 2021 mais gordo nas finanças. Com o título do pernambucano, o tricolor do Sertão Central garantiu vaga na Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D na próxima temporada. As cotas de participação nos torneios e dinheiro da TV vão fazer muito bem ao clube que teve sérias dificuldades nos últimos anos.

Sem dúvida, os sertanejos têm muito do que se orgulhar, pelo menos até a próxima temporada o Salgueiro não será considerado um bom time, mas sim o melhor de Pernambuco. É amor, é paixão, é o Carcará do Sertão.