Polícia divulga retrato falado de segundo envolvido em agulhadas

Um novo retrato falado de um homem possivelmente envolvido nas agressões com agulhadas a foliões durante o carnaval foi divulgado nesta segunda-feira (11) pela Polícia Civil de Pernambuco. O retrato foi produzido a partir da descrição de vítimas que procuraram a Delegacia Móvel instalada no Hospital Correia Picanço, no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife. O primeiro retrato falado do caso já havia sido divulgado na semana passada. Anteriormente, a Polícia Civil havia informado que divulgaria dois retratos nesta segunda, um de um homem e outro de uma mulher, porém, apenas uma composição fotográfica foi divulgada.

A nova apresentação refere-se a um homem que teria atuado no domingo de carnaval no Alto da Sé, em Olinda, por volta das 13h. O retrato falado divulgado na semana passada refere-se a um homem suspeito de ter furado com objeto perfurante semelhante a agulha também em Olinda, porém no período da manhã, na segunda-feira de carnaval.

Até a última sexta-feira (8), haviam sido notificadas 190 ocorrências de pessoas que alegam ter sido furadas por seringas, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Todos os pacientes foram atendidos no Hospital Correia Picanço, referência estadual em doenças infecto-contagiosas. (Diario de Pernambuco)